Buscar

O Líderes recebeu nesta semana Gabriel Tebaldi

O evento propôs uma análise histórica sobre os movimentos sociais que têm atraído a atenção da mídia nos últimos dias


Na última segunda-feira (08), Gabriel Tebaldi esteve no evento do Instituto para realizar uma palestra com o tema “Direitos Civis, garantias individuais e coletivismo de esquerda e direita: uma perspectiva histórica”. Graduado em história e filosofia e pós-graduado em sociologia, Tebaldi propôs uma reflexão sobre o movimento Antifa e os demais fenômenos sociais que têm atraído a atenção da mídia de massa nas últimas semanas.


Martina Varejão abriu o evento lembrando do ataque sofrido por um jornal francês em 2015, que gerou inúmeras manifestações de repúdio à intolerância religiosa e à tentativa de reprimir a liberdade de expressão. Trazendo esse episódio para a atualidade, a associada pontuou sobre o comportamento contraditório de tantos que estão à frente do movimento, mas que ao mesmo tempo não aceitam outros pontos de vista, ainda que apenas para enriquecer o debate.


Gabriel ponderou sua apresentação em trechos do livro “The Anti-Fascist Handbook”, apontando principalmente suas contradições à luz de fatos históricos. Tebaldi apresentou que movimentos como esse constroem uma narrativa que intuitivamente conduz o indivíduo a ele, promovendo uma retórica pronta.


Ao passo que baseia-se em premissas errôneas, muitas vezes sem consideras dados verídicos, mas que solidarizam uma parcela da população diante de determinado problema. Nesse sentido, há ainda a apropriação de causas identitárias dando força ao movimento, a exemplo da questão racial que eclodiu as manifestações antifas pelo mundo.


Essas e outras questões apresentadas por Tebaldi deram aos associados a oportunidade de conhecer melhor a história por trás dos discursos promovidos pela mídia, o que possibilita uma análise crítica das inúmeras informações disseminadas diariamente.

30 visualizações