Buscar

Gestão de Crise: Os setores jurídico e educacional frente à pandemia

Neste episódio da série “Gestão de Crise”, serão mostrados como associados dos setores jurídico e educacional estão enfrentando o momento atual

Na semana passada, os casos de COVID-19 no Brasil passaram de 35 mil e o número de mortes superaram dois mil. Enquanto isso, as discussões sobre retomada da normalidade se intensificaram ainda mais. Nesse contexto, ouvimos dois associados que atuam em setores que, como todos os outros, foram afetados, mas que, no entanto, tiveram que se adaptar a nova realidade: jurídico e educacional.


Questionado quanto à importância do Instituto no enfrentamento do cenário atual, Lucas Mendonça, advogado e sócio do Mendonça & Machado Advogados, afirma: “Para além dos conhecimentos em gestão, política e economia agora aplicados na prática, o Líderes tem auxiliado a tomar decisões baseadas em valores sólidos que precisam continuar sendo pilares de nossa sociedade, como responsabilidade individual e liberdade”. Ainda que a continuidade das atividades do seu setor de atuação – advocacia corporativa - não garanta a manutenção do faturamento que se via anteriormente, Lucas compreende seu papel durante essa crise. Como consequência, internamente, adotou redução de custos, a fim de continuar auxiliando as empresas a passarem por essa crise com o mínimo de impacto possível.


Já no setor educacional, Nádia Medici, gestora no Centro Educacional Vem Ser, tem observado a responsabilidade individual ganhando novas proporções, vista no empenho no desenvolvimento e monitoramento das estratégias pedagógicas planejadas semanalmente. Plantões virtuais, vídeo-aulas gravadas, trabalhos via portal, canal de comunicação direta com os pais, são exemplos de estratégias adotadas. “Ainda que sofra alterações no calendário escolar, o setor de educação continua a depender do comprometimento da equipe pedagógica e da eficiência administrativa”, explica.



47 visualizações